quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Minha história de transição -- De volta à química

Meu amores, sem polêmicas, por favor!!!! kkkkkk

       Gente, para tudoooooo! Tô de visual novo. Mudei a textura do meu cabelo.
      Vocês lembram da minha história de transição? Vou dar um breve Feedback. 
      Eu vim morar no Acre em 2012. Naquela época, eu fazia relaxamento no meu cabelo, às vezes usava cacheado e as vezes liso (fazia escova e chapinha). 

     Quando eu morava em Recife, tudo era simples. Usava química no cabelos desde os sete anos de idade. Eu relaxava no salão, hidratava vez ou outra também no salão e me virava com a manutenção em casa.  Quando cheguei ao Acre tudo mudou. Em cada salão que eu ia só me ofereciam progressiva. Tentei relaxar num salão e caiu a metade do meu cabelo, minha aparência só não ficou pior porque eu realmente tenho muito cabelo, mas estava um negócio muito esquisito. O cumprimento do cabelo não aguentava mais química nenhuma, até pentear estava fazendo ele se partir e a raiz, ah a raiz, ela estava crescendo #TodaCacheada. Aquelas duas texturas me incomodavam muito e, já que não consegui ajuda profissional, resolvi cortar a parte alisada, assumir  o natural e a responsabilidade sobre os cuidados com os meus cabelos dali por diante.




       Fiz o Big Chop no dia 16/03/2013, pois no dia 19/03 era meu aniversário e eu coloquei na minha cabeça que não chegaria aos 23 com aquela cara de 40, kkkkkk. Nesta mesma época, eu criei o blog  para poder trocar ideias com outras meninas pela internet, foi nessa época também que muitas pessoas começaram a se mobilizar em prol dos Cachos e que nosso cabelo começou a ser reconhecido como a nossa identidade e não somente como uma "modinha". 


     Pelo fato de ter o blog, desde então tenho acompanhado a dinâmica do mercado e da indústria cosmética em relação ao atendimento especializado aos nossos cabelos afro, sejam eles naturais ou quimicamente tratados.  Este blog também me trouxe a oportunidade de me relacionar com pessoas maravilhosas, podem acreditar, eu me realizei em ver a felicidade de cada leitora que eu pude ajudar de alguma forma porque eu sei exatamente como é procurar ajuda profissional e não encontrar. =(



           Quando fui a Beauty Fair, em 2014, pude ter uma visão do cenário nacional para as cacheadas e fiquei muito triste de ver que o Acre, e acredito que toda a região norte, estava ficando para trás nesse progresso, não tínhamos no estado profissionais qualificados para lidar com as especificidades do nosso cabelo e toda vez que eu ia a um salão buscando fazer um corte ou mesmo uma simples hidratação, a única coisa que eu conseguia era a promessa de que eu podia ficar com o cabelo "bem lisinho" em uma única aplicação de algumas daquelas escovas "milagrosas". 

      Até que um dia a minha realidade mudou novamente, e esse dia foi ontem, hahahahahaha. A Jorge Cosméticos trouxe para o Acre um Workshop de Arquitetura de Cachos para capacitar os profissionais locais a trabalhar com o nosso "cabelo black". Ai eu fiquei super feliz em ver aquelas meninas definindo seus cachinhos ficando divas e felizes.  Por sinal, estavam lindas mesmo.

Bom, vocês já devem imaginar que eu estava super feliz com tudo isso. Eu já corri aqui pro blog e fiz o post contando para todo mundo que "A espera acabou". 
         Sim, mais e aí? O que vem agora? Eu ainda não havia me sentado naquela cadeira de salão.
         Foi quando alguém perguntou: "e a blogueira, vai fazer o que nesses cabelos?" 
        Confesso que o meu coração disparou, eu mesma não havia pensado nisso. Depois de três anos cuidando do cabelo em casa, meu mundo se resumiu a lavagem,  hidratação/nutrição/reconstrução, condicionador e finalização. Mas, agora um mundo de possibilidades se abria diante dos meus olhos, kkkkkkkk. Em nenhum momento eu quis alisar #AMOMEUSCACHOS, mas eu poderia mudar a cor a textura, cortar... Tinha uma equipe super capacitada e produtos de excelente qualidade à minha disposição. 

      Dentro de mim ainda havia o bichinho da insegurança dizendo para eu não fazer química, depois de quase três anos lendo rótulos de shampoo as palavras amônia e guanidina se tornam bem assustadoras, hahahahahaha. Mas, espera aí, eu não posso indicar a vocês algo que eu não faria. Eu vi o trabalho dessa equipe, gente, e eles realmente estão muito qualificados. Então eu decide, fiz o relaxamento. 
      Na foto o meu cabelo ainda está molhado e sem volume, mas posso garantir a vocês que estou amando o resultado. 
      Ainda é cedo para dizer o que mudou, mas podem ficar de olho no canal e no blog porque com certeza eu vou contar para vocês. Beijocas, meus amores e até o próximo post. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário