terça-feira, 29 de abril de 2014

Inspiração cacheada - Jeane Pimentel


Mulher, negra e de black power, ela é poderosíssima! 

O nosso post inspiração de hoje traz a história da transição de Jeane Pimentel.    Tive a oportunidade de conhecer Jeane quando morei em Recife, naquela época os nossos cabelos tinham química e nós não pensávamos em nos livrar delas. Hoje, reencontrei Jeane com os cabelos completamente naturais, saudáveis e lindos. Perguntei seus segredos, e vou dividí-los aqui com vocês narrando a entrevista, ou melhor,o bate papo que tive com ela.   

TodaCacheada: Jeane, quando te conheci você  tinha cabelos alisados. Você sempre usou química nos seus cabelos?

Jeane: há uns 3 anos atrás fui a um salão e nunca havia dado escova no cabelo, nesse dia a cabeleireira fez a proposta e aceitei. Depois disso fui ficando refém do cabelo alisado, achava que era prático acordar "arrumar" e correr para o trabalho. Daí em diante, fiz luzes e também começou a despertar em mim a vontade de fazer progressiva. Depois da progressiva meu cabelo ficou lindo, aí eu quis pintar.

TodaCacheada: A química quando não é feita com moderação deixa a gente meio       dependente mesmo. Parece que quanto mais a gente faz mais precisa fazer. Eu         lembro que no começo eu fazia de seis em seis meses, depois era de três em três e quando eu resolvi parar já estava de um jeito que eu fazia num dia e trinta dias depois a raiz já estava precisando retocar. Afff!
     
TodaCacheada: Então a sua experiência com a química foi boa?

Jeane: Não. Em 1 ano usando química eu detonei o meu cabelo todo, pois depois de tudo isso fiz uma marroquina, descolori o cabelo e ao final meu cabelo estava sem brilho, sem cuidado e sem definição.

Toda Cacheada: Puxa, menina! Você caprichou, hein? Foi muita química e pouco tempo para os fios se recuperarem. Mas, me conta: como você decidiu voltar aos cabelos naturais?

Jeane: Então, um dia eu vi, no face, o seu cabelo, amiga, estava curto e amei o corte. Vi os cachinhos e foi a época que comecei a conversar contigo, e você me contou sobre o seu Big Chop. Eu comecei a pesquisar na internet sobre o assunto e vi que era aquilo que queria: MEUS CACHOS DE VOLTA E ME LIVRAR DA QUÍMICA QUE EXISTIA NO MEU CABELO. 

TodaCacheda: Fico muito feliz por saber que eu influencio as pessoas a tomar decisões que as fizem mais felizes. obrigada pelo carinho! 

TodaCacheada: E aí, você entrou em transição ou já foi logo cortando?

Jeane: Fiz o contrário do que a maioria das cacheadas costumam fazer, ao invés de tratar primeiro e depois cortar,  eu fui além, cortei logo para poder cuidar dos cachinhos que já estavam aparecendo. Muitos ficaram chocados quando fui a um salão que nem conhecia e pedi para cortar meu cabelo. A cabeleireira hesitou mas, cortou com muito medo que eu me arrependesse. Porém, eu fui convicta e sabia que já existiam alguns cachos pois faziam 6 meses que não fazia nenhuma química no meu cabelo. Senti uma felicidade imensa. 

TodaCacheada: Que legal! Você foi mesmo muito ousada. E como foi a aceitação das pessoas, o que eles acharam da sua atitude?

Jeane: Muitos não aprovaram o corte, duvidaram até da minha opção sexual (pois é, a sociedade ainda acha "estranho mulher com cabelo curto) mas nada tirava minha determinação. O que importava é que eu iria cuidar do meu cabelo. 

TodaCacheada: Nossa! As pessoas as vezes são meios preconceituosas,  é a tal história do cabelo Joãozinho.  Isso é preconceito. 

TodaCacheada: Como é a rotina de cuidados com seus cachinhos hoje?

Jeane: No início,  fui vendo todos os produtos que as meninas que fizeram o Big Chop diziam que era bons: pesquisei sobre cremes para pentear e as receitas caseiras, principalmente a que mais me apeguei,  ela leva óleo de coco, máscara de karité e açúcar. Misturo todos esses ingredientes e deixo agir por 20 a 30 minutos, lavo e eles ficam muitos mais bonitos, com brilho e maciez. 
Utilizo também azeite morno com o creme de pentear (Neutrox) e deixo agir por 15 minutos, depois lavo com shampoo e condicionador e sinto meus cabelos mais macios e definidos. 
No dia a dia, eu uso o creme de pentear (Neutrox, Kolene ou Yasmasterol) e não utilizo nenhum pente. Para pentear, utilizo as mãos! 
Com o tempo, sei que não vai dá para usar somente as mãos. Mas, por enquanto,meus cabelos ainda estão nos ombros e dá para fazer desta forma.
Também fiz o living feito com linhaça dourada, mas acabei não usando por muito tempo. Eu recomendo para as cacheadas, ele ótimo!

TodaCacheada: E, para finalizar, Qual a dica que você deixa para as meninas que estão no início da transição?

Jeane: Meninas, não tenham medo, cabelo cresce, pensem no quanto vocês farão bem a vocês e a seus cabelos.
Bjossssssssss, Jeane Pimentel.

Obrigada Jeane. Você é linda e seus cabelos estão cada dias mais maravilhosos. Beijos!

É isso aí meus amores. Força na transição!

  • Uma beijoca toda cacheada para vocês e boa semana!
  • Curta TodaCacheada no Facebook  e no Instagram
  • Siga o nosso Blog para receber nossos posts por email.
  • Inscreva-se no nosso Canal no Youtube


Nenhum comentário:

Postar um comentário